21 de setembro de 2016

RESENHA: Beast - Sam Crescent & Jenika Snow (The Soldiers of Wrath MC: Grit Chapter, #1)

Beast - Sam Crescent & Jenika Snow


Tragicamente horrível. Esse livro chegou às minhas mãos sem querer. Que morte horrível. Eu gosto de livros hot, mas esse é pornografia pura, sem mais nada.

Posso dizer que tenham tido 3 passagens em todas as 118 páginas que foram bem escritas. O resto é uma confusão de ideias mal-exploradas.

Beast é o apelido de um cara que não sabemos o nome que faz parte de uma gangue de motoqueiros. Tem cabelos escuros e muitos músculos, é grosso e mandão o tempo todo, mesmo quando "tenta" ser carinhoso. 

Bridget é uma garota que apesar de já estar na casa dos 30 anos é de uma inocência e ingenuidade alarmantes. Dona de peitos e bunda avantajados, se veste de maneira provocante pois o ex-namorado gostava assim. (Personalidade 0)

Se conhecem desde a adolescência e ela sempre foi apaixonada por ele (embora fique claro que ele sempre agiu como um cavalo com ela) mas por serem "irmãos" nunca se declarou. (o pai dele casa com a mãe dela.)

A história começa com ela em fuga (lembrei muito de outro desastre hot literário (Colter's Woman - Maya Banks), ela testemunhou o que não devia em seu antigo emprego e agora a querem morta. Ela vai atrás de Beast pois ele é a única pessoa que ela conhece que pode de algum modo mantê-la viva. Nem 10 minutos de conversa e ela, uma quase virgem, já está se submetendo aos comandos e caprichos de Beast. 

Ao ler a sinopse o livro parece ter potencial. Mas fica só na promessa. Os diálogos são pobres, as razões que movem as ações dos personagens deixam a desejar, não são críveis em sua maioria. Os personagens principais se contradizem em vários momentos. As cenas de sexo que poderiam salvar esse livro são repetitivas e longas. Muita conversa, muita pompa e decisões escrotas.

Tudo acontece em questão de dias. Tudo bem que vários livros desse gênero se encaixam nesse período de tempo, mas falta um mínimo de nexo aqui. Ouso dizer que Colter's Woman perdeu seu posto de pior livro já lido até o fim por mim. Esse roubou a posição.

Fico estupefata que tenham sido necessárias duas pessoas para escrever esta merda. O pior é que agora eu fico com receio de tentar outras leituras dessa dupla. São tantos títulos que já deveriam ter aprendido a escrever melhor. 


Um comentário:

  1. Já livro de Jenika e não gostei, mas não lembro se já li algo de Sam. Mas sei que é uma droga perder tempo com livro vazio.
    Gostei da franqueza da resenha, assim a gente fica cada vez mais atenta.
    Capa não é tudo.
    Bjoo

    ResponderExcluir