23 de abril de 2016

RESENHA: A Voz do Coração - Michelle Willingham (Clã MacKinloch #3)

A Voz do Coração - Michelle Willingham


Uma novela mexicana. Gostei muito até, apesar da protagonista mega irritante. O que me deixou mais chateada foi descobrir ao fim da leitura que esse é o 3º livro e que agora eu preciso caçar os dois primeiros.

Marguerite é a típica francesinha. Miúda, mimada, enjoada, enervante, medrosa, chata, insegura, filhinha de papai versão séc. XIV. É loira dos olhos azuis, a mãe morreu quando tinha apenas 2 anos e depois viveu numa bolha criada pelo pai, um duque.

Callum é o terceiro filho em um clã escocês de guerreiros. Uma família sem prestígio dentro da hierarquia inglesa-francesa e portanto nem figura a lista de possíveis pretendentes a marido de uma filha de duque, mesmo uma que seja a quarta filha.

Eles se conhecem quando ele é prisioneiro do noivo cruel dela. Ela o encontra quase morto e cuida das feridas dele. Claro que rola uma paixão instantânea. O tempo passa e eles se reencontram, ela agora está prometida para se casar com outro, mas o escocês está disposto a ganhar a moçoila, e esta acredita que pode convencer o pai a deixá-la casar com o bonitão pobre. Isso foi algo que me irritou profundamente. Essa ingenuidade extrema.

O novo noivo é gentil, bonito e simpático, mas não tem interesse romântico nela, só quer o dote. Junte a isso uma tia viúva invejosa e má, um pai quadrado e crimes cometidos por ex-escravos escoceses e pronto. Temos todos os ingredientes para uma novela mexicana um romance de banca.

Ah. Ele é mudo. Não mudo de nascença. Mas perdeu a voz na infância devido ao sofrimento sendo escravo. Eu sei que os personagens são novinhos, ela tem 18 anos e ele 19, e que isso deveria justificar a ingenuidade e o vitimismo, mas não consigo mais aceitar essas coisas. Se tem idade para sexo, tem idade para encarar os problemas de frente.

Em vários momentos a história deles poderia ter sido encurtada. Achei que houve um excesso de internalizações. Partes extensas de alguns capítulos foram dedicados aos devaneios de um ou outro, pensando em como sair de tais problemas, ou remoendo o passado. 

A maneira como eles ficam juntos é que me surpreendeu e me deixou incrédula. Desculpe o spoiler, mas alguém que acabou de aprender a nadar, mesmo com ajuda, não sobreviveria a um salto para o mar, ainda mais durante a noite. Não colou. Depois disso tudo o pai dela ainda aparece e magicamente concorda com o casamento e fica para a festa. Só em livro mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário