4 de novembro de 2015

RESENHA: Ligeiramente Maliciosos - Mary Balogh (Os Bedwyins #2)

Ligeiramente Maliciosos - Mary Balogh

Viciante. Foi impossível de largar. Não consigo entender como pessoas não gostaram. Achei Judith e Rannulf um casal super mais fofo que Eve e Aidan. É inusitado e meio ridículo como eles acabam se conhecendo, mas o depois é ótimo. Dane-se que seja clichê. Balogh desenvolveu de maneira tão divertida.

Me identifiquei tanto com Judith que não teve nada do que ela fez, pensou ou disse que tenha sido insatisfatório ou irritante ao meu ver. Seria hipócrita se fizesse isso.

Rannulf tem nome estranho, uma descrição não muito arrebatadora, mas suas ações falam por ele. Extremamente charmoso, divertido, confiável. Digo confiável pois apesar de algumas de suas atitudes não serem exatamente um exemplo de etiqueta, ele é constante.

As avós são ótimas. todas as duas, cada uma a sua maneira. Divertidas, apaixonadas, determinadas, confiantes. Dentre os outros personagens não há nenhum que se destaque fora da família Bedwyn. Os outros irmãos só aparecem mais ao final mas roubam a cena. Ver a interação entre eles foi definitivamente os capítulos mais engraçados. A maneira como cada um é descrito dentro de cada cena contribui para as risadas, mesmo quando a cena em si não necessariamente seja cômica.

Aliás essa foi uma das características mais fortes nesse romance. O teor da história é mais tenso, sério (apesar da torcida para o final feliz) do que de costume para o gênero. O atrito não está no casal protagonista mas em suas relações com os demais personagens o que também o destaca dentre os demais títulos de romances históricos. Acho que justamente a 'falta' de discussões constantes é que contribuiu para que eu gostasse tanto deles tanto juntos como separados.

Comecei a leitura num ônibus ontem. Retomei a noite me prometendo ler apenas 2 ou 3 capítulos antes de dormir. Pois bem, passei as 7 horas seguintes grudada nas páginas. Fazia um tempinho que isso não acontecia dessa forma. A necessidade de saber o que cada personagem iria fazer ou o que iria acontecer com eles me manteve bem desperta.

Resumo: é uma história super gostosa de ler. Há momentos de risadas, de suspiros, de roer unhas, de ter quinhentas reações ao mesmo tempo. Além de claro, ser parte de mais uma série sobre uma família, o que definitivamente garante um espacinho no coração de muitos leitores.

Um comentário:

  1. Li o primeiro e também amei! Este está na minha lista :)
    Bjks mil

    ResponderExcluir