30 de outubro de 2015

RESENHA: Como Falar Dragonês - Cressida Cowell (Como Treinar o Seu Dragão #3)

Como Falar Dragonês - Cressida Cowell 

Senti falta das risadas constantes. Esse foi meio sem graça perto dos dois anteriores. Faltou alguma coisa. Até mais ou menos na metade poderia ter sido resumido. O design, os desenhos, a tradução e o dragonês em si não deixaram a desejar. Foi questão de enredo mesmo. Poderia ter sido melhor aproveitado. Mas não foi de todo ruim.

Soluço é uma graça e Banguela continua sendo uma atração a parte. Mas as melhores partes acabaram sendo do nano-dragão salvo por Soluço e da menina, herdeira das Ladras que aparece mais para frente na história.

A parte da história passada no forte romano foi o que realmente me fez gostar da história.  cônsul com suas comidas esquisitas, as tentativas de fuga da Camicazi, e as cenas do Circo foram bem empolgantes. Mas sem nenhum traço cômico.

O final foi bem legal, admito. Não pelos personagens voltando para casa, mas pela dúvida que a autora planta de que nem tudo ficará bem como os nossos heróis pensam. Uma passagem que parecia insignificante lá atrás acaba se tornando importante para essa questão.

Não tenho muito o que falar desse livro. Só que espero que o quarto volume da série melhore minhas expectativas. Resenha curtíssima, eu sei.


Nenhum comentário:

Postar um comentário