3 de agosto de 2015

RESENHA: You Were Mine - Abbi Glines (Rosemary Beach #9)

You Were Mine - Abbi Glines

OH MY GOD! OH MY GOD! OH MY GOOOOOD! É isso. Choquei, tombei, morri, desmaiei, voltei ao pó. Chame do que quiser. Mas Abbi Glines conseguiu fazer com que o casal mais improvável e mais fadado ao fracasso se tornasse o meu preferido. #TeamTrethy.

Sempre gostei do Tripp e queria que ele tivesse um livro extraordinário. Por isso eu tinha medo desse par com a Bethy. Mas ela me surpreendeu. Ela foi a mais adulta das mocinhas da série e isso ajudou muito.

O que achei engraçado é que apesar de esse ser o casal mais velho até agora, ela com 24 e ele com 26, o livro tem bem menos cenas de sexo que os outros. Não que isso seja ruim. Pelo contrário, a história dos dois foi muito mais tensa e problemática que as anteriores. Foi muito mais emocional que física.

Isso se dá pois não é uma história de paixão avassaladora. É um amor adolescente que amadureceu para esse amor adulto, lindo. Eles não tiveram que provar aos demais que era verdadeiro, somente a eles mesmos. Os empecilhos e problemas estavam em suas próprias mentes.

Por um instante achei que a tal da London ia dar uma de Nan e atrapalhar os dois, mas até que ela se comportou bem (dentro do possível para uma riquinha mimada). Não acredito que estou dizendo isso, mas senti falta da Nan. Ela não aparece nesse livro. 

Essa capa: precisamos de uma representação melhor. Tripp parece um garotinho nessa foto e na verdade é um homem de 1,95m de puro músculos. Espero que a Arqueiro nos aprecie com uma capa a altura desse casal. Tem que superar as cataratas que o rapaz das capas do Rush me provocam. Por favor, néam.

Ou seja... lindo, tudo, demais, precisa chegar logo ao Brasil. Amei. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário