27 de agosto de 2015

RESENHA: Para Onde Ela Foi - Gayle Forman

 Para Onde Ela Foi - Gayle Forman

Inesperado. Eu imaginava um começo meio e fim totalmente diferentes para esse livro. No início da narrativa fiquei preocupada que fosse me decepcionar e que as decisões da autora fossem totalmente adversas ao que eu imaginava.

As idas e vindas por conta dos flashbacks continuam. Esse é um dos aspectos que mais me agradaram no primeiro portanto foi bom tê-los aqui. Tinha ficado meio cética por conta do pulo temporal que há no início, mas tudo se acerta e é explicado.

De cara vemos um Adam mais velho e revoltado com a vida e nenhum sinal de Mia. Isso me irritou um pouco e cheguei a duvidar se teríamos mais interações entre os dois ou alguma explicação sobre o que acontece depois que ela acorda. 

Senti falta de Kim. Ela aparece nas lembranças de Adam, mas não tanto quanto eu gostaria. Mia aparece e aos poucos descobrimos como foi a vida dela nesse lapso de tempo entre o acidente e o sucesso da banda de Adam. Confesso que por um tempo achei que eles não iam ficar juntos, ou que mais alguma tragédia iria acontecer.

Ele acaba se mostrando não ser o grande babaca que aparentava no início, as explicações para o porque de ele não saber dela até 2 anos depois do acidente são apresentadas. Me convenceram, mas sei que muitas pessoas devem ter ficado bem incomodadas com as ações de Mia, e até de Adam. Por isso acho que faltou mais Kim nesse livro.

Uma das coisas que mais gostei foram os trechos das músicas do álbum que a banda de Adam lançou: "Collateral Damage". Me deram uma impressão de que a banda cresceu mesmo e não é mais feita de adolescentes. Adam tem 21 e Mia 19. Mesmo estando separado da banda durante grande parte do enredo, eles aparecem com uma certa frequência nas memórias. 

Gostei muito do final, mas não o suficiente para ser um livro fantástico como o primeiro. É bom, mas não tão incrível. O que é uma pena, já que Adam é um ótimo personagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário