20 de fevereiro de 2015

RESENHA: Poemas para se Ler na Escola - Mário Quintana


Desafio Corujesco 2015
02/12 - Versos

Poemas para se Ler na Escola - Mário Quintana 

Fazia mais de um ano que não pegava um livro de poesias para saborear. Poemas para mim são assim... devem ser saboreados. A última vez que li Mario Quintana foi na adolescência, entre as muitas coletâneas que tinha em casa graças à minha Tia Luiza.

Escolhi essa publicação da Objetiva pois vi ser parte de uma coleção de vários autores sob esse tema 'para se ler na escola', e Mario Quintana por fazer tanto tempo e ser uma figura querida na infância, juntamente com Cecília Meireles.

O livro é dividido em partes. As poesias estão separadas por temas, mas conforme se lê há uma continuidade, um senso de que elas se complementam. Não vejo razão para resenhar poesia, ao invés, prefiro compartilhar minha experiência e minhas sensações durante a leitura.

Dentre as partes as que mais gostei foram: 'O Poeta e a Sociedade'', 'A cidade e sua gente', 'A Natureza', 'O Cotidiano', 'Objetos' e 'Humor'. Quase tudo na verdade. Amei a leitura, mas esses 'temas' foram os que me provocaram mais sorrisos e reflexões.

Muitas das cenas retratadas são tão corriqueiras que me fez pensar como há beleza em tudo, basta sabermos como olhar. Há uma mistura de rimas perfeitas e estruturas bem marcadas com versos livres de quaisquer amarras. É uma compilação primorosa. 

Como li o e-book, tirei vários prints conforme eu ia me apaixonando pelos versos. É um livro que vale a pena ter o físico, para que assim eu possa recorrer a ele em momentos difíceis e poder sorrir.







Um comentário:

  1. Gosto muito do estilo do Mario Quintana, com seus versos livres que nem sempre parecem versos, e acho que dá para enxergar belas histórias em muitos dos seus poemas. Gostei da escolha ;)

    ResponderExcluir