18 de fevereiro de 2015

RESENHA: Estranha Perfeição - Abbi Glines (Rosemary Beach #5)

Estranha Perfeição - Abbi Glines


5 horas. Foi o que precisei para ler esse livro. Estou oficialmente viciada nessa série. O que é uma escolha de palavra adequada ao que acontece com esses meninos ricos.

Socorro. Me acudam, estou apaixonada por Woods Kerrington. Ele me pegou de jeito. Estou morta. Ele tem a pinta de bad boy e acaba se transforando quando se apaixona. Della Sloane é uma garota intrigante apesar do nome feio. Ela poderia ter ao menos um dos nomes não tão estranhos.

Logo no início eu fiquei meio cética já que a garota da vez começa sua jornada em Rosemary Beach com uma mãe morta na bagagem. Faltou um pouco de criatividade nisso aí, mas acaba que isso nem influencia muito no resto. 

Achei muito legal o envolvimento dos dois começarem com uma transa casual e a postura dela na situação. O fato é que a garota não precisa ser toda certinha, puritana e de passado impecável para ser exatamente o que o cara precisa pra vida toda. Nós desajustadas também merecemos um final feliz. 

Della com certeza passou longe dessa definição, ela é insegura (não medrosa), problemática, desajustada, instável. Mas ainda assim é trabalhadora, corajosa, alegre, ciente do poder que o corpo de uma mulher pode ter. Ela é insegura quanto a seu futuro, mas totalmente confiante da sua capacidade e poder de sedução. Ponto para ela. Ela é a protagonista que mais me agrada nos últimos tempos. Ela é real. Espero que ela cante mais nos volumes seguintes, poderia virar uma carreira.

Ela trabalhar no clube de golfe é outra coisa que bem.... não tinha necessidade, fez sentido, mas poderíamos ter visto outra solução. Afinal todos os rapazes dali são ricos e vindos de famílias com empresas e negócios de sucesso, alguém poderia ter um emprego diferente. Mas, fazer o quê... nada é perfeito. Talvez só Woods.

Não consegui odiar Angelina. Ela me passou a impressão de ser uma garota forte e decidida. Investiu em Woods com as armas que tinha em mãos, e até deveria sentir algo por ele. Gostaria de vê-la tendo alguém. O mesmo não posso dizer dos pais de Woods. Casalzinho insuportável. Adorei o final por conta disso. Consegui visualizar a cara de Woods ao telefone facilmente. 

Blaire aparece no final, faz uma participação básica, mas já é um gancho para o terceiro livro dela e de Rush. Gostei muito de Tripp, será que ele vai ter uma trilogia, ou ao menos voltar a aparecer? E Grant que apareceu pouco nesse mas deu pistas de ter alguns segredos que quer manter escondidos. Resumindo, acho que por mais que eu queira dar uma parada, vou acabar pegando o próximo para ler que é o 3 de Rush e Blaire. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário