17 de fevereiro de 2014

RESENHA: O Visconde Que Me Amava - Julia Quinn (Os Bridgertons #2)

Leitura Extra
07/2014

O Visconde Que Me Amava - Julia Quinn

Lindo! Mais uma vez empacada nos desafios, resolvi começar outro livro. Sabia pelo anterior que seria prazeroso mas não imaginava que a leitura seria tão rápida! Li as 304 páginas em 4 horas! Com direito a paradinha para jantas e tomar banho. 

Anthony foi tudo o que eu esperava e mais. Julia Quinn conseguiu mais uma vez de forma magistral balancear as características do herói romântico com o homem real. Definitivamente até a mais independente das mulheres iria dar o braço a torcer para ter Anthony Bridgerton a seu lado.

Ao mesmo tempo que ele é o autêntico provedor, chefe de família, ele consegue ter um lado doce e carinhoso que só é revelado a Kate. Ele coloca na cabeça que a Sheffield mais nova é a esposa perfeita e se dá conta que precisa conquistar a mais velha antes. Ele não quer se apaixonar, tem motivos para não querer encontrar o amor de sua vida, mas ainda assim quer uma esposa. Acha que tem, como primogênito o dever de procriar e fazer o mesmo que seus antecedentes fizeram.

Mas o que acontece é que enquanto tenta convencer Katharine Sheffield de que ele será um bom esposo para sua irmã Edwina, eles desenvolvem uma amizade bem improvável e o carinho que ele começa a sentir por ela se torna amor ao longo dos dias. Kate por sua vez é tudo que se espera na mocinha desses romances. Mordaz, inteligente, irônica, confiante ( ao menos na frente do homem irritante em questão), além da preocupação com a família, o bem-estar e o futuro delas. 

Mais uma vez Quinn nos traz uma narrativa cheia de humor. Dei graças ao fato de estar só em casa. Ninguém aguentaria minhas risadas no capítulo em que as irmãs Sheffield se juntam aos Bridgertons para um jogo de Pall Mall. Ri do início ao fim e adorei rever Daphne e Simon. Colin nesse capítulo se consolidou como meu mais novo preferido. O rapaz é incrível. Ansiosa pela história dele no livro 4.

Resumo do Livro em uma imagem. Amei!
O capítulo em que eles acabam noivos também é hilário. É impossível não imaginar a cena se desenrolando na sua frente. Fiquei sem saber porque motivo Benedict que é o próximo a ser arrebatado quase não aparece nesse livro. Eloise que é a próxima garota Bridgerton a debutar já começa a dar na pista que tipo de mocinha ela vai ser. Espero que seu futuro marido tenha o mesmo espírito aventureiro que ela. 

Lady Whistledown está com a pena afiada nesse livro também, e diminuiu minhas suspeitas de quem será essa mulher. Engraçado como não há um único personagem que não nos intrigue durante a leitura. Lady Bridgerton está ótima com suas maquinações nada sutis quando se trata de casar os filhos. Em suma, amei e mal posso esperar pela continuação. Creio que ao fim das leituras estarei órfã.




Nenhum comentário:

Postar um comentário