20 de janeiro de 2014

RESENHA: Vampiro Secreto - L. J. Smith (Mundo das Sombras #1)

Leitura Extra
01/??

Vampiro Secreto - L. J. Smith (Mundo das Sombras Vol. 1)


Tenho esse livro há um tempo, tanto que nem lembro como adquiri, se foi troca, compra, ganhado. Esses dias depois de terminar de ler o último livro do mês para desafios resolvi pegar o que tivesse no topo da pilha em uma das caixas. Esse foi o premiado. Mais um de fantasia para a lista. Poderia servir como item do Diversidade Literária também. 

Conheci L. J. Smith através de 'The Vampire Diaries'. Lembro que foi logo depois de ler Amanhecer da Saga Crepúsculo se não me engano. Eu estava na fissura, entrei de cabeça no mundo criado pela Stephanie Meyer e não queria voltar para a realidade. Os livros não estavam disponíveis no Brasil, então acabei baixando em inglês mesmo. Acabei me apaixonando e achando TVD ainda melhor que Crepúsculo. Toda aquela atmosfera oitentista me fez mergulhar de cabeça, Li os quatro primeiros em uma semana.  Lembro de ter procurado os livros da série NightWorld, mas não achei. Anos mais tarde, com toda a febre dos filmes da saga e a adaptação para TV dos livros da L.J. eis que lançam por aqui. Devido aos muitos LV's ele ficou no cantinho ali esperando. Para sorte dele, na mudança ficou por cima.

O que realmente interessa. O Plot. A princípio ri um pouco pela protagonista se chamar Poppy. Não é um nome muito, como dizer, forte. Mas acaba que a personagem é totalmente diferente do nome, ela é elétrica, cheia de vida, meio moleca, nada de flores e meiguice. O protagonista masculino é James, amigo de infância de Poppy e de seu irmão gêmeo, Phil. Ela é apaixonada por ele, mas se cala até que fica doente.

Quando comecei a ler achei que a doença iria tomar mais tempo da história, mas tudo passa muito rápido. Mas não ficou mal feito. Ao longo das páginas são deixados ganchos, que até parecem informações desnecessárias e soltas, mas não se engane, tudo nas histórias de Lisa tem um porquê.

Antes de terminar de ler, a curiosidade me fez pesquisar sobre o resto da série. Li sobre os outros personagens e peguei uma certa antipatia por Ash, primo de James que aparece na reta final do livro um. Mas quando ele deu as caras, adorei o cara! O perfeito badboy. Sabendo que o livro dois tem ele como protagonista, fiquei mais ansiosa, se alguém tiver e quiser me dar/emprestar, aceito!  Vi muita gente desapontada pelo fato de que a história entre Poppy e James não tem continuidade no livro dois, mas achei que o final do livro deixou bem claro como vai ser dali para frente para os dois. Minha curiosidade sobre Ash é maior. 

Outro ponto que gostei no livro é a explicação para que vampiros precisem de sangue. A premissa de que o sangue deles não consegue transportar oxigênio e por isso a necessidade de sangue não-vampiro na dieta é bem convincente. Enfim, é um bom livro, a leitura flui com facilidade, os personagens cativam e tem uma ótima deixa para  a continuação. Recomendado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário