30 de janeiro de 2014

RESENHA: Obsessão - Maya Banks (Breathless, #1)

Leitura extra
03/??

Obsessão - Maya Banks


Anteontem a noite, estava lendo 'Inverno das Fadas' e não aguentava mais a história, e depois de tanto livro de fantasia esse mês precisava de algo que quebrasse o ciclo. Fuxicando a biblioteca no tablet me deparei com Obsessão, reli a sinopse e BANG! Era o que eu precisava. 

Simplesmente apaixonante. Esse livro foi uma descoberta muito feliz para mim. Até então só tinha lido um ou dois livros da Maya. Mas sempre curti o estilo de escrita dela. Para quem gosta de Literatura Erótica esse é um prato cheio!

O livro é o primeiro da trilogia 'Sem Fôlego' (Breathless) e nos apresenta o primeiro de três bilionários de 38 anos (idade delícia diga-se de passagem), sócios e donos de uma rede de hotéis de luxo pelo mundo. Gabe Hamilton é um protagonista quase às avessas. Não tem nada de bobo, doce, romântico, passa longe do perfil de Príncipe Encantado.

A mocinha é Mia Crestwell, por acaso irmã de Jace Crestwell, um dos bilionários. Ela, por outro lado, é a perfeita mocinha em apuros do mundo moderno. Perdeu os pais na adolescência, só tem o irmão de família, não sabe o que fazer da vida e claro, sempre foi apaixonada pelo amigo do irmão e bilionário da vez, Gabe.

A história gira em torno de um contrato de trabalho inusitado entre os dois. Mia sempre gostou de Gabe e ele não sabia, Gabe sempre quis tê-la como mulher, mas se freava por causa da diferença de 14 anos na idade e por ser irmão mais nova do melhor amigo. Esse contrato a torna posse dele. Ela não seria apenas a assistente pessoal dele. Mas teria que ficar a disposição dele a qualquer minuto do dia ou da noite. Por achar que nunca teria outra oportunidade de ficar com ele, ela  acaba aceitando, mesmo sabendo que pode se machucar muito, que tudo pode dar errado, que se o irmão descobrir mata o cara ficará louco com ela.

Gostei deles como casal. Acho inusitado, pois é a primeira vez, que me recordo, que gosto de personagens juntos mas não separados. Achei Mia chatinha, mas quando ela estava com Gabe, mudava um pouco se tornava determinada e segura. Gabe como vi em alguma resenha na net, consegue ser o cara mais odiável e mais apaixonante ao mesmo tempo. Ele é babaca quase todo o tempo, mas tem momentos incríveis em que se torna protetor, atencioso e vulnerável. Tudo que se pode querer em um homem.  

Adorei a colega de quarto e amiga de Mia, Caroline e espero que ela apareça em um dos livros que seguem. Apesar de não aparecer tanto, me cativou. Superficialmente falando gostei mais de Jace e Ash, o terceiro bilionário fanfarrão. Me peguei sorrindo toda vez que Ash entrava em cena. Quero muito ver como vai ser a história dele.

Algumas partes do livro me incomodaram, acho que por se tratar de uma relação de submissão total por parte dela. Esse lance de obedecer cegamente não me entra na cabeça. Teve momentos que pensei comigo mesma: 'Que merda é essa?'. Mas no geral amei, não é a toa que li o livro em duas noites. Outro ponto que gostei é da pitada de humor. Todos os personagens descontraíam em algum momento. Ri sozinha algumas vezes. Me arrumem o segundo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário